14 de agosto de 2012

Em Algum Lugar Do Passado – 2° Temporada – Capitulo 3- Sonhei com Joseph e Ashley.





A presença de Joseph ainda permanecia ali, ao lado de Demetria, fechava os olhos e sentia a respiração quente de Joseph, e tinha aquela mesma sensação em seus lábios. Como a fumaça dissipa, não seria diferente ao abrir os olhos e saber que o que acabara de acontecer foi apenas mais uma de muitas de suas fantasias e que ele não estaria ali em sua frente.


Por mais que detestasse admitir tinha ódio de Joseph, pois era ele que a fazia o amar. Rancor e mágoa eram por deixar ser levada pelos mesmos sentimentos que a levaram há alguns anos atrás.


Com custo conseguiu dormi.

(...)


Andava no parquinho com Sunny –como nos velhos tempos. Empurrando um carrinho de bebê, estava com um sorriso completamente contagiante. Ao seu lado a mão de Sunny no carrinho, como se estivesse ajudando a mãe empurrar. Demetria via Sunny brincar com o neném e ficava admirando os filhos. Tudo estava bem, até sentir alguém lhe abraçando por trás, os braços fortes traziam tranquilidade e confiança para Demetria. Fechava os olhos para apreciar mais o carinho e sentir cada toque arde em sua pele. Sim, era o toque dele, ao virar-se para quem lhe abraçava não existia ninguém atrás de si, no fundo do parque ocorria uma cerimônia, algo mais parecido como um casamento ao ar livre.


Era inevitável não querer chegar perto e observa cada detalhe daquele perfeito casamento, ao se aproximar, parecia que ninguém a via, os noivos já estavam de costas para os convidados e já estavam de frente para o padre. Foi andando no meio da passarela –o lugar onde a noiva passava para chegar até o altar.


Os convidados pareciam não a ver passando ali. Faltando pouco para estar perto do noivo sabia que o reconhecia e ao olhar para a noiva não seria diferente. Aproximou-se bem mais dos noivos e não conseguiu desgrudar seus olhos do noivo, respirou fundo e foi caminhando em volta do casal, ao ter uma visão completa do rosto do noivo, viu que era ele. Sim o noivo era Joseph. Olhou para noiva e viu que era Ashley. Lagrimas e mais lagrimas insistiam em rolar sobre sua face. Quando em um piscar de olhos tudo estava preto, forçava a vista e tentava achar alguma saída ou pelo menos alguma luz.


Quando sentiu um frio nos pés, parecia estar caindo por um poço sem fim, até então assustador. Ao notar que tudo tinha passado, se encontrava em uma sala, era inevitável não notar a decoração natalina. Ouviu vozes de traz de si, virou-se e viu Joseph e Ashley, agora brincando com uma criança, que até então parecia ser a filha deles, ao percebe que conhecia a voz da menininha que estava dês costas para Demetria, foi indo em direção da mesma, posicionou-se na frente da pequena e viu que era Sunny, arregalou os olhos e assustada já conseguia sentir o coração saltando.


Viu Ashley abraçar a menininha e a chamar de filha. Lagrimas já desciam do rosto de Demetria, olhou para Joseph e não o viu ali, até escutar alguém descer da escada e dizer:


- Olha quem acordou!


Olhou para Joseph e o viu segurando um bebê, que até então Demetria sentia que fosse seu ou sua filha.


- Oh meu amor! –dizia Ashley indo até o bebê e o pegando no colo.


- Larga meu filho sua vagabunda! –dizia Demetria aos berros enquanto ia para cima de Ashley.


Começou a sentir-se como se estivesse sendo puxada, alguém chamava por seu nome, mas não conseguia abrir os olhos. Em um ato automático sentou-se na cama e passou a mão pelos fios de cabelo, respirou fundo e olhou para Miley


Era incrível como Joseph conseguia assombrar até os únicos sonhos mais agradáveis de Demetria.


- Acalme-se, foi apenas um pesadelo! –dizia Miley abraçando Demi.


(...)



Estavam tomando café, quando Sunny e Hannah resolvem ir ver Barney na TV, deixando apenas Demetria e Miley na mesa de jantar.


- Ouvi você gritando do seu quarto. Parecia bem nervosa. –dizia Miley agora olhando para Demi.


- Sonhei com Joseph e Ashley –disse Demetria.


- Eu sei! –respondeu Miley.


Demi olhou para Miley com uma expressão interrogativa.


- Você estava gritando –da uma pausa rápida e começa a falar- Larga meu filho sua vagabunda! –disse imitando a amiga.


Demetria deu uma risada sem humor e deu um gole no suco.


- O sonho foi tão ruim assim? A ponto de você começar a falar dormindo?


- Foi! –respondeu.


Demetria começou a contar do sonho e Miley apenas ouvia tudo quieta.


- Demi, você leu a carta? –perguntou Miley ao ver Demetria termina de contar o pesadelo.



5 para o próximo.


Olá MB’s, como estão?
Então, eu falei que só postaria aqui se nesse blog:
Estivesse com 10 seguidoras, pois é, mas só tem 8 e eu não consigo ficar muito tempo sem posta ):

Mas bem, entrem nesse blog, por favor, é muito importante pra mim e para minha prima :/

AAh quero agradecer pelos elogios –que quase me mataram porque eu fico meio louquinha com certos comentários *--*.

Então acho que é só isso mesmo (:

Beeijos amo vocêS!! *-*


7 comentários:

  1. que honra ser a primeira a comentar !!
    posta logo !!!

    ResponderExcluir
  2. Poxinha quase fui a primeira mas não ligo não, vc é minha preferida cm sempre,
    li esse capítulo cm lagrimas aqui nos olhos e fiquei pensando cm tu é ótima minha TMB
    eu já estou ficando sem palavras pra espressar elogios sobre sua fic, garota tu é 1000
    eu sou muito feliz por fazer parte desse bloger, brigadinha mi amore *-* da sua MB's q te ama muito...
    Aha claro posta logoooooooooooooooooooo, esta espetácular!!! ai ai vc é d++++++++.

    ResponderExcluir
  3. OMG..
    Ela tem que ler a carta néh..
    To curiosaaa..muito curiosa na verdade..
    Posta Logooo

    ResponderExcluir
  4. PERFEITO *O*
    Posta logo capitulo perfeito
    - Xo Xo
    Eu ri da parte:"Larga meu filho vagabunda"
    Demi se irritou O.O

    ResponderExcluir
  5. Adoreiiii ! Ameiiii ! Perfeitooo *-*

    possta logoooo

    ResponderExcluir
  6. OH Meu Deus tadinha da minha Demi tendo esses pesadelos....Faça com q a Demi leia a carta quero ver o q tem nela....
    Postaa Logoo...

    ResponderExcluir